quarta-feira, 19 de junho de 2019

Resenha: A Livraria dos Corações Solitários livro 1 e 2 - Annie Darling




Os livros de Annie Darling estão na minha lista de queridinhos e quero mais, pois a Editora Verus já anunciou a pré-venda do próximo “Loucamente apaixonada na Livraria dos Corações Solitários”.

“A pequena livraria dos corações solitários” e “Amor verdadeiro na livraria dos corações solitários” são os dois primeiros volumes da coleção A Livraria dos Corações Solitários. Os primeiros romances da londrina Annie Darling me chamaram a atenção na Bienal 2018. Eu JURO que ia comprar só o livro 1, mas o Renato fez questão de me mostrar a quarta-capa do segundo onde diz simplesmente “fã de carteirinha de Jane Austen” na quinta linha... Comprei pelo meu amor incondicional por Austen... Imagina se eu ia deixar ele lá na prateleira? Agora quero o terceiro mas, vamos por partes (como diria Jack).

O primeiro livro: “A pequena livraria dos corações solitários” começa diferente de qualquer romance que eu já vi. Logo de cara um obituário, e não o prefácio; um enterro e não os campos lindos de uma Londres antiga. Lavinia Thorndyke, a antiga dona da Bookends e seu obituário e leitura do testamento. Deixou a livraria para Posy Morland, que recebe um problema a ser resolvido: tirar a Bookends da falência em dois anos, ou ela irá para Sebastian, neto de Lavinia.(P.S. no meio do texto mesmo: eu vi o que você fez aí, dona Darling! Morland é o sobrenome da personagem principal de “Abadia de Nothanger” de Jane Austen. A-ha!!!)

Posy tem todo tipo de problema principalmente depois que Sebastian resolve apurrinhar a cada dia ou dois; mas seu plano de fazer da livraria um local especializado em romances continua firme. Ahh se eu pudesse ser Posy por um tempo, dar respostas bem dadas à Sebastian e estar cercada de livros. Sim, eu retrucava em voz alta ao personagem...

O livro é uma leitura deliciosa, daquelas que você não sente o tempo passar e tem diversas indicações de livros no meio. Vou reler e anotar todas, assim como estou fazendo com “Abadia de Northanger”. Tem dias que queremos alguma idéia do que ler e isso ajuda se não temos uma Possy Morland por perto. Ou Verity (personagem principal do segundo livro), ou ainda da Pin-up Nina (personagem do terceiro livro). Quem sabe Tom, outro funcionário da loja, não ganhe um livro? Seria incrível!

O segundo livro: “Amor verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários”, com Verity, a filha do Vicário, com quatro irmãs e uma aversão completa a toques e relacionamentos, a leva a criar Peter Hardy, oceanógrafo – um amor distante, porém real o suficiente para que todos parem de atormenta-la para namorar, sair, ter um relacionamento. Verity é daquelas que entra na livraria apenas por ter que entrar e se fecha no escritório, não atendendo nem ao telefone. Porém é daquelas que também sabe “Orgulho e Preconceito” de cor e salteado e sempre se pergunta “O que Elizabeth faria?”.

Enquanto isso, vejo pedaços meus em cada um dos personagens: sonhadora, Austeneana, romântica... Vale muito a leitura!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário