sexta-feira, 24 de março de 2017

Guia dos Quadrihos 2017 está chegando!!!


Lembra daquele guia dos quadrinhos de 2016? Que tiramos muitas fotos, o loot foi grande e o  rombo no cartão foi até que razoável pelas ótimas coisas que achamos por lá, tanto novas quanto de colecionadores? 



















O festival terá nova edição dias 8 e 9 de abril de 2017, no Club Homs/Salão Nobre (Av. Paulista, 735).

 Saiba mais sobre o festival


O Festival Guia dos Quadrinhos teve início em 2009 e se chamava Mercado de Pulgas, mas mudou o nome desde 2013. Hoje, é um dos eventos nerds mais adorados pelos fãs de quadrinhos e de cultura pop e tem dois pontos que o distinguem de outros eventos do gênero no Brasil:
  • Só no Festival é possível encontrar raridades e oportunidades como aquelas colocadas à venda pelos expositores;
  • O Festival é o único evento onde os leitores têm acesso irrestrito aos artistas e profissionais de quadrinhos do Brasil e são capazes de conversar, trocar ideias e dar sugestões a eles, no que já se tornou uma grande reunião de amigos que compartilham os mesmos interesses.
Ao longo dos anos, editores da Panini, Abril, Mauricio de Sousa, HQM, JBC, Europa, Nova Sampa e várias outras já participaram do evento, assim como desenhistas e roteiristas da Disney e da Turma da Mônica; autores dos mais variados quadrinhos nacionais e importados, jornalistas e figuras destacadas da área de entretenimento, escritores e colecionadores lendários no mercado.
As últimas edições do Festival Guia dos quadrinhos receberam cobertura de diversas veículos de comunicação renomados, como os jornais Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo, revista Veja, Rede Globo, TV Brasil e TV Cultura; além de terem recebido destaque em todos os sites sobre cultura nerd do Brasil.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Luna Lovegood na CCXP




Atenção, potterheads: Evanna Lynch, a Luna Lovegood da franquia Harry Potter, vem ao Brasil para a CCXP 2016 com a Daydream Eventos


Loja exclusiva de produtos do Mundo Mágico de Harry Potter também ficará à disposição das mais de 180 mil pessoas aguardadas para os quatro dias da Comic Con Experience, que acontece de 1 a 4 de dezembro no São Paulo Expo


Fãs de Harry Potter, preparem-se: a 3ª edição da CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que acontece entre 1 e 4 de dezembro no São Paulo Expo, terá grandes atrações para o fandom do bruxinho. A primeira – e mais especial – é a presença da atriz Evanna Lynch, intérprete de Luna Lovegood, uma das personagens mais amadas pelos fãs da franquia de livros e filmes. Convidada da Daydream Eventos, a atriz estará presente na CCXP, nos dias 03 e 04 de dezembro, com direito a sessões de autógrafo, painel exclusivo, fotos e meet and greet. Os valores serão divulgados nos próximos meses.
 Irlandesa de 25 anos, Evanna disputou o papel de Luna com 15 mil garotas quando tinha apenas 14. À época da seleção, os produtores dos filmes (e a própria autora J. K. Rowling) ficaram impressionados com a afinidade entra a menina e a personagem, o que lhe rendeu a escalação definitiva. A atriz interpretou a bruxa adolescente mais excêntrica de Hogwarts nos últimos quatro filmes lançados pela Warner Bros. – sendo eles A Ordem da Fênix, O Enigma do Príncipe, As Relíquias da Morte Parte 1 e Parte 2 – e vem ao país pela primeira vez a fim de celebrar junto aos brasileiros aficionados pela história mágica criada por Rowling. Recentemente, Evanna participou de produções independentes como os filmes My Name is Emily (que lhe rendeu a indicação ao prêmio de melhor atriz no IFTA, o “Oscar” irlandês), Danny and the Human Zoo, da BBC, Dynamite e GBF.



Daniel Radcliffe e Evanna Lynch em cena do filme Harry Potter e a Ordem da Fênix (2007)

A segunda novidade para os potterheads é que, pela primeira vez no Brasil, uma loja exclusiva de produtos do Mundo Mágico de Harry Potter marcará presença na CCXP, reunindo itens oficiais e licenciados da série. Durante os quatro dias de evento, os fãs da criação de Rowling poderão encontrar camisetas inéditas, colecionáveis e reproduções de peças dos filmes, nacionais e importadas. O estande também inaugura a loja online oficial do universo de Harry Potter no Brasil, que trará todos os meses novidades relacionadas a esse universo.
“A verdadeira adoração que os pottermaníacos têm pela saga sempre foi levada em conta pela organização do evento, e contar com não apenas uma, mas duas grandes atrações nessa edição da Comic Con Experience nos deixa extremamente animados e felizes por fazer parte desse sonho mágico”, ressalta Ivan Costa, sócio da CCXP.
A CCXP – Comic Con Experience 2016 acontece entre 1 a 4 de dezembro no São Paulo Expo, próximo à estação Jabaquara do Metrô, com conteúdos para fãs de quadrinhos, cinema, programas de TV, desenhos animados e outras áreas da cultura pop. O evento ocupará 100 mil metros quadrados (80% a mais que na edição de 2015) e espera receber 180 mil visitantes de todos os Estados do Brasil e também do exterior, firmando-se como a maior comic con da América Latina e a terceira maior do mundo em público, atrás apenas da San Diego Comic Con e da New York Comic Con. Para adquirir ingressos e saber mais, acesse o site www.ccxp.com.br.



quarta-feira, 26 de outubro de 2016

CCXP está chegando aí!

Ingressos para a Comic Con Experience 2016 começam a ser vendidos em 8 de abril

Evento, que acontece entre 1 e 4 de dezembro no São Paulo Expo, chega à terceira edição com preços do primeiro lote a partir de R$ 69,99, iguais aos de 2015
A CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), maior evento de cultura pop da América Latina que reuniu 142 mil pessoas ano passado e realiza sua terceira edição entre os dias 1 e 4 de dezembro, anuncia o início das vendas dos ingressos, que acontecerá antecipadamente esse ano, ao meio-dia (horário de Brasília) de 8 de abril.
Os ingressos serão vendidos em três lotes, sendo que os preços do primeiro lote permanecerão os mesmo praticados em 2015. Confira os valores da meia-entrada:
• 01/12 (quinta-feira) – R$ 69,99
• 02/12 (sexta-feira) – R$ 99,99
• 03/12 (sábado) – R$ 119,99
• 04/12 (domingo) – R$ 109,99
• Pacote para os 4 dias de evento – R$ 319,99
O benefício da meia-entrada, garantido por lei a estudantes de posse da carteirinha, idosos, professores e portadores de necessidades especiais, é estendido a todos que doarem um livro – entregue em bom estado de conservação na entrada do evento –, que posteriormente será incluído em cestas básicas enviadas a famílias carentes de todo o país graças à parceria com o projeto Leitura Alimenta e também entregue a bibliotecas públicas por meio da parceria com a APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte.
Os ingressos poderão ser adquiridos pelo site www.ccxp.com.br e podem ser parcelados em até 12 vezes sem juros no cartão de crédito ou à vista por boleto. As informações e valores sobre os outros lotes e sobre os ingressos Full Experience (que garante acesso aos quatro dias de evento com direto a benefícios como entrada exclusiva, lugar reservado no Auditório Cinemark, entre outros) e CCXP Business Summit (evento que reúne profissionais e empresas da área de entretenimento e que acontece dentro da CCXP) também estão disponíveis no site oficial.
“O sucesso da edição de 2015 aumentou ainda mais nossa expectativa para um evento grandioso. Já temos mais de 10 quadrinistas confirmados, sendo que vários deles nunca vieram para o Brasil. Começaremos os anúncios na próxima terça-feira, 15 de março, e os fãs podem esperar mais uma edição épica”, ressalta Ivan Costa, sócio do evento.
Untitled-1
Hospedagem oficial
Assim como no ano passado, a CCXP 2016 contará com uma rede de hotéis credenciados em São Paulo para atender aos visitantes de outras cidades e estados, que terão benefícios exclusivos. Todas as opções de reserva estarão disponíveis a partir de 8 de abril no site do evento.
A CCXP – Comic Con Experience 2016 acontece de 1 a 4 de dezembro no São Paulo Expo, antigo Expo Imigrantes, próximo à estação Jabaquara do Metrô. Para saber mais sobre o maior evento de cultura pop do país, acesse www.ccxp.com.br
Sobre a CCXP – Comic Con Experience
A CCXP – Comic Con Experience, que realiza sua 3ª edição de 1 a 4 de dezembro no São Paulo Expo, acontece no Brasil nos moldes das comic cons realizadas em diversas partes do mundo, que reúne fãs e profissionais de quadrinhos, cinema, TV, games, anime, RPG, memorabilia, ficção científica e colecionáveis para conhecerem as últimas novidades dessas áreas em uma grande celebração do universo geek e da cultura pop. O evento é organizado pelo Omelete Group, Chiaroscuro Studios e Piziitoys. Para saber mais, acesse: www.ccxp.com.br

terça-feira, 25 de outubro de 2016

DESCULPAS DO FUNDINHO DO CORAÇÃO

Desculpas a todos que seguem o blog... 




Tivemos alguns problemas de todo tipo e tamanho, alguns ainda não resolvidos, mas na batalha sempre!

Vou colocar algumas resenhas atrasadas e muita coisa que ficou de fora do placar que literalmente empacou no 3 x 3. Talvez ele passe para o ano que vem. 

Mas por enquanto é botar ordem na casa, levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima pois ainda temos muita coisa acontecendo até o fim do ano!





segunda-feira, 6 de junho de 2016

A Volta do Manual do Escoteiro Mirim - por Renato Azevedo




A Volta do Manual do Escoteiro Mirim


            Há pouco tempo, quando a Editora Abril anunciou o projeto de relançamento do Manual do Escoteiro Mirim, clássico dos clássicos lançado originalmente no Brasil em 1971, os fãs ficaram absolutamente alucinados e em polvorosa. Não era para menos, já que quem viveu essa época lembra muito bem dos clássicos manuais Disney, dos quais o dos Escoteiros era o maior sonho de consumo.

            Nesta sexta-feira, 03 de junho, a Abril promoveu um evento de lançamento, com, direito até a presença de legítimos escoteiros! Foi feita uma apresentação com uma breve história de Donald e seus sobrinhos, Huguinho, Zezinho e Luizinho, que originalmente tornavam a vida do tio muito difícil com sua bagunça. Aliás, o termo usado para descrever como eles faltavam na escola também é deliciosamente clássico, “gazeteiros”. Então, o brilhante quadrinista Carl Barks teve a ideia de colocá-los como escoteiros, mas não exatamente no movimento oficial. Pesquisem para conhecer o termo original em inglês!

            Aqui no Brasil, resolveu-se que eles seriam chamados escoteiros mirins, e dessa forma as histórias ficaram ainda mais interessantes e engraçadas, mas acima de tudo colocando os meninos como a bússola moral do Donald, que sempre foi um cara egocêntrico e por vezes de mal com o mundo.

            E em tempo, o alter-ego de Donald, o Superpato, é o maior herói não humano dos quadrinhos, pronto, falei!

            Nas histórias, os escoteiros sempre estavam lá para salvar o dia, divulgando valores de honra, lealdade, respeito e coragem. Em uma história, vejam só, o Tio Patinhas quer investir em um projeto que resultará na destruição de uma floresta, e são os escoteiros que o impedem. E tudo sempre consultando o Manual do Escoteiro Mirim, que tinha informações para absolutamente tudo! Era quase um Google em papel, e se existe um livro que é uma Tardis, muito maior por dentro, era este!

            Eis então que, na Itália, tiveram a brilhante ideia de lançar uma versão física do Manual do Escoteiro Mirim, tentando se aproximar, ao menos um pouco, da magia do livro usado pelos escoteiros. E foi um estrondoso sucesso! Aqui no Brasil a Editora Abril decidiu também publicar o Manual, logicamente com algumas adaptações, por exemplo, explicando os detalhes de nossa bandeira, e foi naturalmente outro estupendo sucesso, resultando em seguidas reimpressões e novas edições, além de muitos outros lançamentos como os Manuais do Tio Patinhas, Professor Pardal, Mickey, Vovó Donalda e muitos outros.

            Um destes, por sinal, foi o Autorama Manual do Automóvel, que tive a felicidade de encontrar recentemente em um sebo. E não, não dou, não vendo e não Empresto!

            Muito mais recentemente, dentro do grande projeto de trazer de volta as clássicas histórias da Disney, que tem levado a Abril a publicar várias edições fantásticas, em capa dura e em suas edições Big e Jumbo, surgiu a ideia de relançar o Manual. Mas evidentemente vieram dúvidas, como por exemplo adaptar as informações e a própria ortografia para a atual?

            Lançada uma pesquisa informal na internet e redes sociais, a resposta foi unânime: NÃO! Evidentemente todos queriam o Manual do Escoteiro Mirim conforme era, até mesmo sem a alteração na ortografia feita ainda naquele 1972, e especialmente sem essa (detestável) mais recente.

            O problema era: como fazer isso? Utilizar os volumes guardados no arquivo da Abril, que tem até ar-condicionado de alta tecnologia para melhor conservação dos volumes, nem pensar! Aliás, pelo que disseram, a segurança lá é digna da Área 51 (a Ma não curte muito os ETs, ou cabeçudos, então melhor eu parar por aqui...), para ter uma ideia para folhear um Pato Donald número 1 da Abril só de luvas e com o funcionário ali do lado, e NADA sai do arquivo.

            Sem contar que o processo de digitalização iria desfazer o volume, mas felizmente um exemplar em excelente estado do Manual foi encontrado no interior paulista, e o trabalho pôde ser feito. Tudo foi escaneado, digitalizado, tratado, colorido, recuperado, e todas as minúcias mais necessárias para recriar uma obra tão querida e especial.

            E o resultado... MARAVILHOSO! É o mesmo manual, absolutamente idêntico ao lançado no início dos anos 1970, com duas pequenas alterações: duas receitas de bebidas apresentadas continham álcool, e pela lei do Estatuto da Criança e do Adolescente, é absolutamente proibido qualquer incentivo à ingestão de álcool por crianças. Lá na Itália, onde o Manual foi relançado primeiro e existe outra cultura, tudo ficou igual, mas aqui, para respeitar a lei, foi feita a alteração sinalizada por uma nota sob um asterisco, mas de fato nada que comprometa a qualidade do material.

            Os fãs, evidentemente, amaram a novidade, curtindo esse sentimento de nostalgia tão legal quando nos lembramos dos bons tempos, a vida mais simples e muito mais saborosa. O Manual traz uma enorme e surpreendente gama de assuntos, como tipos de nós, como passar mensagens secretas, escrever com tinta invisível (essa vai ser a primeira que vou tentar, hehehe), mapa das constelações, como tirar manchas, pequeno dicionário em cinco idiomas para os viajantes, as grandes pistas de corrida do mundo (mostrando as porcarias que são as mais recentes, pronto, falei), patentes das Forças Armadas...

           Para os novos tempos que, esperamos, estejam chegando a nosso país, um lançamento como esse, trazendo valores e conhecimentos que jamais deveriam ter sido esquecidos, é um grande presente que a Editora Abril nos traz! E para nos torturar mais um pouco, ou melhor dizendo, para fazer os fãs se deliciarem ainda mais, a Editora Abril ainda prometeu vários outros lançamentos, como uma série de livros em capa dura com clássicas histórias de Donald e seus sobrinhos por Carl Barks, e com um detalhe, as mesmas cores da época, e as mesmas letras, que eram feitas a mão pelo grande mestre! Especialistas da Abril criaram uma fonte especial que reproduz perfeitamente a caligrafia de Barks, só para ter uma ideia de como o trabalho está sendo feito.

            E claro, depois do Manual do Escoteiro Mirim, que já está na segunda reimpressão pois a primeira esgotou, a Abril anunciou o Projeto “O Retorno”, trazendo de volta os clássicos Manuais que fizeram a alegria nos fãs entre os anos 1970 e 1980! Anote então na agenda, e comece a separar dinheiro: agosto, Manual do Tio Patinhas; setembro Manual do Prof. Pardal; outubro, Manual da Maga e Min; novembro, Manual do Mickey; dezembro, Manual da Vovó Donalda.

            E sim, se relançarem o Autorama Manual do Automóvel é claro que compro!

           Resta-nos agradecer aos editores Sergio Figueiredo e Paulo Maffia pelo convite para participar do lançamento, parabenizá-los pela exposição no evento, e a eles e demais profissionais da Editora Abril que realizaram o magnífico e primoroso trabalho de relançamento do Manual do Escoteiro Mirim deixar um muito obrigado pela maravilhosa iniciativa. O Manual é mais uma prova inequívoca que coisas boas são atemporais, deixam imensas saudades, e merecem sempre ser revisitadas.

            Já estamos aguardando ansiosamente pelos próximos!


Renato Azevedo







quarta-feira, 1 de junho de 2016

Estamos passando por algumas reformas, mas acho que o tempo vai valer a pena! As leituras estão seguindo e a competição não parou! Só estamos preparando novidades para vocês!

;)

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Festival Guia dos Quadrinhos 2016 - Renato Azevedo e Marcia Lins





            Nós, membros da enorme e diversificada comunidade nerd, amamos ler. E a absoluta maioria desses leitores foi formada graças aos quadrinhos. Começando invariavelmente por Disney e Mauricio de Sousa, cada um vai desenvolvendo seu gosto e evoluindo daí para DC, Marvel, autores nacionais, alternativos e outros. E essa alegre e também muito diversificada comunidade se encontrou mais uma vez no Festival Guia dos Quadrinhos.

 Nada como encontrar os amigos 




            Foi minha primeira vez no FGdQ e eu me apaixonei pelo evento! Precisa dizer que voltei para casa carregada de coisinhas interessantes, além da experiência de ver tantas pessoas interessadas por HQs e nerdices fora de uma ComicCon ou FestComix, que foram outras grandes surpresas do ano passado para mim. Gente, como lotam esses eventos! E não são só marmanjos solteiros, largados, que ainda moram com os pais etc do esteriótipo mimizento whiskas sachê... Vi crianças, famílias, casais, mulheres curtindo o espaço sozinhas ou acompanhadas, pais levando filhos para serem "iniciados" nesse meio... Achei o ambiente o mais eclético possível! Na minha mente ainda tinha um resquício da loja de quadrinhos do Stu de TBBT... Mas grande erro! 






            O evento, neste ano de 2016, mudou de local e foi realizado em dois dias, em 09 e 10 de abril, sábado e domingo, no Club Homs, conhecido local de eventos localizado em plena Avenida Paulista. O enorme salão ficou lotado, com vários corredores de stands por onde circulavam fãs de quadrinhos, ávidos por novidades ou por garimpar aquela edição antiga há tempos ausente de bancas de revistas e megastores, nerds em geral e ainda contando com a presença sempre garantida dos cosplayers.





            Entre estes, destaque para o grupo Batman 66, com Pinguim, Arlequina (quem sabe em alguma das Terras da DC ela realmente participou da série?), Charada, um absolutamente sensacional Alfred de avental verde e telefone vermelho, além, claro, da Dupla Dinâmica. Parabéns para vocês, amigos!
 
Foto: Alexandre Cavalcante
            Nos stands havia uma enorme variedade de produtos nerds, desde os mais em conta até os mais raros, exclusivos e caros. Você não pensou mesmo em comparecer a um evento desses e sair sem gastar nada, não é mesmo? Para o pessoal mais veterano é sempre um prazer ver a quantidade de edições disponíveis da venerável Editora Ebal, pioneira máxima de quadrinhos no Brasil, cujas edições ainda hoje deixam muita saudade.



               Ahh os santos espólios de guerra... entre eles algumas HQs, MAUS na versão original em duas edições; Batman 66; alguns contos do Batman e um card game que ainda vou ler as regras mas se alguém souber jogar e topar ensinar, eu aceito! 
 


             
             Também puderam ser encontradas diversas edições especiais, graphic novels, livros sobre quadrinhos e os cada vez mais presentes quadrinhos de autores nacionais. A cada ano se renovando, sempre com novidades, o quadrinho nacional, e entre os maiores destaques estão Kris Klaus: Papai Noel Casca-Grossa, de Maurício Muniz e Joel Lobo, e Aurora, de Felipe Folgosi (roteiro), Klebs Junior (adaptação e layout), Leno Carvalho (desenhos), Nelson Pereira (arte-final), Stefani Rennee, Márcio Manyz, Thiago Ribeiro, Rodrigo Fernandes, Carlos Lopez e Marcio Freire (cores).

              Consegui minhas edições autografadas de Kris Klaus e Aurora!!!
 
Felipe Folgosi, Marcia e Renato
Joel fazendo um autógrafo lindão no meu Kris Klaus


            O evento ainda teve diversas apresentações, palestras e bate-papos sobre quadrinhos, seriados, cinema e cultura pop em geral. A organização foi excelente, e o Festival Guia dos Quadrinhos, merecidamente, já se tornou um evento obrigatório no calendário nerd de São Paulo!

          Aguardando ansiosamente o próximo!




Texto a quatro mãos por Renato e Marcia